terça-feira, 23 de outubro de 2007

Quanta diferença...

O tênis é um esporte individual, onde o atleta precisa de muita concentração, treino, confiança, etc., para realizar sua “tarefa” com sucesso. E assim como a Fórmula 1 e o Golf, por exemplo, viajam o mundo inteiro disputando prêmios e acumulando pontos para ser campeão da temporada.

Peraí, mas o surf também não é assim???

O Surfista não viaja o mundo inteiro atrás de ondas, disputando baterias e pontos, treinando e preparando equipamentos... É claro que sim! Então por que o Kelly Slater (foto) (34 anos, 8x campeão mundial de surf, com condicionamento e atitudes exemplares, técnica e perícia invejáveis, exemplo de atleta), ganha POR ANO o mesmo que o Tiger Woods ganha em um torneio de Golf? Ou o mesmo que o Michael Schumacher acumula até hoje em publicidade por ano? Ou então, o que o Roger Federer ganha num torneio do Grand Slam?

Alguns diriam que são resquícios do preconceito que o esporte sofreu por anos. Outros que os patrocinadores do Golf, F1 e Tênis são muito mais ricos. E eu lhes digo que ambos estão certos, pois o preconceito e a falta de grandes patrocínios se devem ao fato de os “responsáveis” pelo esporte no mundo (ÓBVIO que no Brasil também) são incompetentes e acomodados! Por isso o surf ainda é um esporte sem “valor comercial”, apesar da maior marca do segmento no mundo, faturar cerca de 2 bilhões de dólares por ano, já representando a metade que a gigante Nike.

News: O Brasil recebe o Hang Loose Santa Catarina Pro WCT, penúltima etapa do circuito mundial 2007, nas ondas de Imbituba/SC, a partir do dia 30. Não perca! Eu estarei lá pessoalmente acompanhando o evento e informando vocês sobre em primeira mão dos acontecimentos mais irados e importantes.

Aloha e altas ondas sempre!

5 comentários:

Fulano disse...

Faaala Igor, meu brother!
É meu velho o esporte que escolhemos ou melhor nosso estilo de vida, desde os tempos mais primórdios não foi bem visto, com excessão do Duke, aquela galera que deu os primeiros passos no esporte ali em dogtown e talz, eram uma cambada de pé rapado marginalizado mal visto pela sociedade...aí deu no que deu!
Ve se alguma empresa de cigarros multimilionária ta afim de patrocinar um campeonato de surf??? rsrs piada né!
E já é de lei, o que não presta dá dinheiro!!
É meu brother espero que um dia isso mude!!
Abração!

Lohran disse...

Woohoo! Ígor vai para o WCT em Imbituba!
Traga ótimas histórias e fotos dos bastidores hein?!
Abraço e boa viagem!

Anônimo disse...

esse Ígor manda muuuuito!!

Caio disse...

obs: esse anônimo sou eu!
aqauqauquaquau

Natan disse...

é isso ai
talvez seja o pré conceito
que o surf tinha até os anos 70 80
que tenha retardado essa falta de
credibilidade por parte das grandes
multi nacionais. Mais eu acredito que nos próximos anos muita coisa mude.

alooha